REGIAOCENTRO.ORG
Ilustração sobre a Localidade

Figueira de Castelo Rodrigo

Fica em Terras de Riba-Coa de vastas paisagens, planaltos, fortalezas (castelos)...

Figueira de Castelo Rodrigo é uma vila portuguesa pertencente ao Distrito da Guarda, região Centro e sub-região da Beira Interior Norte, com cerca de 2 200 habitantes.

É sede de um município com 508,58 km² de área1 e 6 260 habitantes (2011), subdividido em 10 freguesias. O município é limitado a norte pelo município de Freixo de Espada à Cinta, a leste pela Espanha, a sul por Almeida, a sudoeste e oeste por Pinhel e a noroeste por Vila Nova de Foz Côa.

Fica em Terras de Riba-Coa de vastas paisagens, planaltos, fortalezas (castelos) junto ao vale do Coa e nos contrafortes da majestosa Serra da Marofa.

O concelho teve foral em 1209, sendo até 1836 a sua sede na freguesia de Castelo Rodrigo.

 

Fonte do texto: Wikipedia


Find more about Weather in Coimbra, PO
Click for weather forecast


NEWSLETTER

Subscrever a newsletter:



Sair da newsletter:

ARRENDA-SE.NET

Quartos, apartamentos, casas, etc

RECADINHOS

Últimos recadinhos dos leitores:

Congratulations for the site. It is very nice to get more informations about Portugal. A beautiful country.
Matheus Smith 2016-07-30 23:39:20


RELÓGIO

Veja que horas são no mundo

NOTÍCIAS

Jornal O PÚBLICO

Acidente naMadeira: motorista já teve alta, mas guia continua internada a evoluir “favoravelmente”
A última turista internada seguiu nesta quinta-feira para a Alemanha.

Portugal deu “luz verde” a 625 pedidos de asilo em 2018
Segundo o Eurostat, metade destes pedidos de asilo com “luz verde” (295) foram feitos por sírios, seguindo-se casos de cidadãos do Iraque (105) e da Etiópia (60). Estas foram as nacionalidades mais representativas.

Sobre carreiras (académicas) em ciência

Só 3% dos jovens portugueses diz ser “extremamente provável” votar nas europeias
Entre os inquiridos, 61% revelou não ter interesse nestas eleições.

Automação pode aumentar desigualdade laboral. OCDE pede medidas
Digitalização deve afectar 50% dos postos de trabalho. O saldo final até pode ser positivo, mas os governos não estão a ajudar quem mais precisa.

“Passe-família”, mais um atropelo aos Direitos das Pessoas com Deficiência!
Reclamam-se medidas adicionais que compensem as pessoas com mobilidade reduzida que não sejam abrangidas pelo Programa de Apoio à Redução Tarifária devido à falta de acessibilidade nos transportes contratualizados. Só assim se poderá constatar que esta medida é universal e contempla todas/os as/os Portugueses.

NOTÍCIAS

Jornal EXPRESSO

(c) 2014 Portal REGIAOCENTRO.ORG

Termos de Serviço

Privacidade