REGIAOCENTRO.ORG
Ilustração sobre a Localidade

Castelo Branco

Castelo Branco

 

Castelo Branco MHC é uma cidade portuguesa, capital do Distrito de Castelo Branco, situada na região Centro (Beira Baixa) e sub-região da Beira Interior Sul, com cerca de 38 542 habitantes e uma área metropolitana que abriga 41 631 habitantes.1

É sede de um dos maiores municípios portugueses, com 1 438,19 km² de área e 56 109 habitantes (albicastrenses) (2011), subdividido em 19 freguesias. O município é limitado a norte pelo município do Fundão, a leste por Idanha-a-Nova, a sul pela Espanha, a sudoeste por Vila Velha de Ródão e a oeste por Proença-a-Nova e por Oleiros.

Ao contrário de outras cidades da região, que cresceram notavelmente devido à indústria têxtil, Castelo Branco sempre teve uma importância geoestratégica e política em Portugal. Não está por esse motivo sujeita às flutuações económicas que deslocalizaram empresas têxteis - mormente de laboração manual desqualificada - como sucedeu na região norte e na Cova da Beira. A composição sociológica predominante é por esse motivo também muito diferente de outras cidades de cultura do operariado.[carece de fontes]

Foi considerada em 2006, num estudo elaborado pela DECO, a segunda capital de distrito do país com melhor qualidade de vida.

 

 

 

Jardim Municipal de Castelo Branco

 

 

HISTÓRIA:

 

Castelo Branco deve o seu nome à existência de um castro luso-romano, Castra Leuca, no cimo da Colina da Cardosa, em cuja encosta se desenrolou o povoamento da área.

Da história antes de 1182 pouco se sabe. Existe, porém, um documento, desta data, de doação aos Templários de uma herdade Vila Franca da Cardosa, emitido por Fernandes Sanches, um nobre. Em 1213 recebeu foral de Pedro Alvito, cedido pelos Templários, em que aparece a denominação Castel-Branco. O Papa Inocêncio III viria, em 1215, confirmar esta posse, dando-lhe o nome de Castelobranco.

Por volta desta altura ter-se-iam mandado edificar, pelos Templários, as muralhas e o castelo, entre 1214 e 1230. No interior desta delimitação encontra-se a Igreja de Santa Maria do Castelo, antiga sede da freguesia. Aqui se reuniam a Assembleia dos Homens-Bons e as autoridades monástico-militares, até ao século XIV.

Em 1510 é concedido Novo Foral a Castelo Branco, por D. Manuel I, adquirindo mais tarde o título de notável com a carta de D. João III, em 1535. Torna-se assim em 1642 a Vila de Castelo Branco, cabeça de comarca notável e das melhores da Beira Baixa. O actual Museu serviu de Liceu Central de 1911 até 1946, abrindo como museu em 1971.

Em 1771 é elevada a cidade por D. José e o Papa Clemente XIV cria a diocese de Castelo Branco que viria a ser extinta em 1881. O Paço Episcopal (anexo ao actual Museu Francisco Tavares Proença Júnior) é um dos melhores exemplos. Mandado construir pelo Bispo da Guarda, D. Nuno de Noronha, entre 1596 e 1598, foi o paço de residência dos Bispos em Castelo Branco.

A 6 de Novembro de 1954 a cidade é assolada por um tornado infligindo danos consideráveis nas infrastruturas.

A 16 de Agosto de 1858 inaugura-se a linha telegráfica Abrantes - Castelo Branco e em 14 de Dezembro de 1860 a cidade inaugura a sua iluminação pública, passo importante para o desenvolvimento da cidade. Com efeito, a cidade viria a tornar-se capital do distrito em 1959.

 

Source: Wikipedia, 2013-09-14, http://pt.wikipedia.org/wiki/Castelo_Branco

 

 

 

 
Que beleza de jardim. Cores e momentos incríveis que ficam na memória...

 

 

 

(*) Fonte do texto: Wikipedia

(*) Fonte das fotografias: Leonardo Opitz. Infelizmente algumas das imagens foram tiradas com a minha primeira camera digital que só tinha uma resolução inferior a 1megapixel... :(

 


COMENTÁRIOS DOS LEITORES


Find more about Weather in Coimbra, PO
Click for weather forecast


NEWSLETTER

Subscrever a newsletter:



Sair da newsletter:

ARRENDA-SE.NET

Quartos, apartamentos, casas, etc

RECADINHOS

Últimos recadinhos dos leitores:

Congratulations for the site. It is very nice to get more informations about Portugal. A beautiful country.
Matheus Smith 2016-07-30 23:39:20


RELÓGIO

Veja que horas são no mundo

NOTÍCIAS

Jornal O PÚBLICO

Dia 9: O país pode parar, mas a culpa das mães nunca!
Uma mãe/avó e uma filha/mãe falam de educação infantil. De birras e mal-entendidos, de raivas e perplexidade, mas também dos momentos bons. Para avós e mães, separadas pela quarentena, e não só.

Fábrica de Guimarães a trabalhar para calçar “guerreiros da pandemia”
Profissionais de saúde, bombeiros, militares do exército e trabalhadores de supermercados e da área da logística são agor os grandes focos da empresa.

Siri Hustvedt: o tempo é o grande escape imaginário
Uma mulher reescreve-se ao olhar para a jovem que foi. Ela chama-se SH, iniciais de Siri Hustvedt, a autora. É um jogo cómico-trágico sobre arte da ficção, sobre o trauma, sobre o feminino. SH não é Siri Hustvedt mas também é. É um livro que este tempo adiou na edição portuguesa: Recordações do Futuro está para chegar.

Português cria call center de voluntários em Angola para esclarecer sobre coronavírus
Gestor de empresas que lidera a associação de voluntários Nova Fénix começou por fazer folhetos informativos sobre procedimentos de segurança e conselhos práticos. Autoridades angolanas lançaram apelo aos cidadãos para evitar um colapso do sistema depois de registarem mais de 90% de chamadas inválidas para a linha 111.

O Ensino Remoto de Emergência que se está a preparar nas escolas
Esta situação vai fazer com que, a curto prazo, se estabeleçam fossos entre a comunidade escolar, os que possuem meios tecnológicos para acompanhar a leccionação dos conteúdos e os que não têm.

Bolsas arrancam negativas com petróleo em mínimo de 17 anos
Sinais de divisão na União Europeia sobre as soluções para lidar com a recessão económica dão pouca confiança aos investidores no arranque de mais uma semana nos mercados.

NOTÍCIAS

Jornal EXPRESSO

(c) 2014 Portal REGIAOCENTRO.ORG

Termos de Serviço

Privacidade