REGIAOCENTRO.ORG
Ilustração sobre a Localidade

«UM PASSEIO PELA SERRA EM FLOR»

PIODÃO E SERRA DO AÇOR

 

Na manhã de sábado, de 11 de Maio de 2002 partimos em direcção à jóia da Serra do Açor, o Piódão - uma das dez Aldeias Históricas de Portugal. Seguimos pela IP3 até a cortada para Arganil, passamos por Coja e depois pela estrada bem sinalizada até o Piódão.

As estradas sinuosas e estreitas serpenteiam as encostas xistosas da Serra do Açor, onde as quelhadas (1) protegem a terra das intempéries. Nesta época do ano, a primavera, cobertas por um manto de flores, onde sobressai a coloração amarela das Giestas, Tojos e Carquejas e o lilás das Urzes. As rochas estão salpicadas por líquens e musgos de cor verde oliva. Ao longe vemos manchas de pinheiros, carvalhos e castanheiros. São frequentes as ruínas do que outrora foram casas de xisto de agricultores. Abandonadas e desgastadas pelo tempo, são hoje apenas parte da paisagem. Imagino os jovens migrando para as grandes cidades em busca de uma vida melhor, abandonando a pastoricia e as actividades artesanais, ligadas sobretudo à floresta.

No meio das exuberantes escarpas e vales profundos situam-se pequenos povoados que se fundem na paisagem. Rasgando os céus encontrará o Açor, uma ave de rapina que deu nome a esta maravilhosa e colorida serra. Corujas do mato e gaviões também são habitantes locais. O Javali e a geneta são exemplos dos mamiferos de grande porte que habitam a região.

Depois de hora e meia passeando pela Sera, encontramos o Piódão no seu ninho de verdura, tal uma tela cubista imobilizada no tempo. Talvez por causa das distâncias ou das dificuldades de acesso, a matéria prima utilizada na construção da aldeia é predominantemente. o xisto local, que aparece também no pavimento das arruelas. Os telhados são feitos em Ardósia.

Esta a ser feito um grande trabalho de recuperação. Parece-me, no entanto, que falta ainda um pouco de cuidado para com os pequenos detalhes como as antenas de televisão, os cabos de energia e os restos de entulho nas ruas. É de desejar, sobretudo numa região do interior, que as pessoas se conscientizem da importância do turismo para a economia local, compreendendo que quem tem um bem inestimável de tão grande beleza arquitectónica tem o dever de o preservar e melhorar.

Ficamos tristes de ver o dia acabar, mas certos de que quem visita o Piódão e a Serra do Açor com certeza voltará sempre. Deixamos-lhe umas informações fornecidas pelo turismo.

Esperamos que tenham gostado tanto quanto nós.

Texto: Leonardo Opitz e Gerard Durand / 2002
Fotografia: © Gerard Durand e Leonardo Opitz / 2002 Maio

 

Classificação da Aldeia 
"Aldeia Histórica, classificada como Imóvel de Interesse Público pelo Decreto Lei nº 95/78 de 12 de Setembro - muito contribuiu para esta classificação o mérito do arquitecto Eugénio Correia, um apaixonado pela beleza do Piódão. É uma das 18 freguesias do Concelho de Arganil e conta com 12 aldeias na sua jurisdição.", Folheto distribuído pelo Posto do Turismo. Sem indicação de Autor.

Proteção Legal
A Paisagem Protegida da Serra do Açor, passou a ser objecto de proteção pública a partir de 1982 pelo decreto lei 67/82 de 3 de Março.

Origem do Piódão
Na época medieval, provavelmente no século XIII, surgiu um pequeno povoado que recebeu o nome de Casas Piódão. Posteriormente foi transferido para a sua actual localização, em virtude da instalação de um mosteiro Cister, Abadia da Ordem de São Bernardo, do qual não restam vestígios. O contraste entre o negro das casas de xisto e o branco da sua Igreja Matriz é uma das características mais marcantes da aldeia.

A Igreja Matriz
A Igreja matriz de Nossa Senhora da Conceição foi construída no Séc. XVII e reconstruída no final do Séc. XIX. A sua arquitectura é composta por quatro finas torres cilíndricas rematadas por cones. No centro ao cimo, encontra-se a imagem da santa padroeira.

Telefones Úteis:
Posto de Turismo 235 732 787 (Piódão)
Serviços de Turismo 235 204 823 (Arganil)

Onde Dormir:
Estalagem do Piódão
Piódão
6285-018 Piódão
Tel.: 210 403 900/01/02
Fax: 210 403 951/0
E-mail: est.piodao@inatel.pt

Locais de Interesse:
- Igreja Matriz
- Igreja de São Pedro
- Capela das Almas
- Fonte dos Algares
- Eira

Festividades:
- Festa de São Pedro (em Abril)
- Festa do Sagrado Coração de Jesus (em Agosto)

Lazer:
- Passeios de Bicicleta
- Passeios a Pé
- Pesca
- Rota das Aldeias Históricas
- Visitas Guiadas
- Todo o Terreno

 

Notas de Rodapé:
(1) As quelhadas são plataformas feitas com pedras de xisto com o objectivo de suster as terras e evitar a erosão provocada pela chuva. São também chamadas de "Terraços".

Esta reportagem teve o patrocínio da TELEFORMAR, Lda, uma empresa de soluções para formação à distância sediada no Instituto Pedro Nunes em Coimbra. Visitem a página web:www.teleformar.net

Exmos Senhores Empresários e Presidentes de Câmaras, contamos com o vosso apoio para o desenvolvimento de mais artigos sobre a vossa região. Contacte-nos pelo e-mail:regiaocentro@idea-factory.pt

 


Passeios na Serra de Açor


Carquejas


Quelhadas

 


Caminhos pela Serra do Açor

 


Aldeia do Piódão

 


Aldeia do Piódão


Pousada do INATEL



loading...



COMENTÁRIOS DOS LEITORES


Find more about Weather in Coimbra, PO
Click for weather forecast


NEWSLETTER

Subscrever a newsletter:



Sair da newsletter:

ARRENDA-SE.NET

Quartos, apartamentos, casas, etc

RECADINHOS

Últimos recadinhos dos leitores:

Congratulations for the site. It is very nice to get more informations about Portugal. A beautiful country.
Matheus Smith 2016-07-30 23:39:20


RELÓGIO

Veja que horas são no mundo

NOTÍCIAS

Jornal O PÚBLICO

Imigração: uma coisa é o que diz a lei, outra é como tratamos os imigrantes
Portugal está bem classificado no ranking europeu de integração dos imigrantes, tem "uma uma política generosa”, reconhece o sociólogo Pedro Góis , mas depois demora três a quatro anos a conceder a nacionalidade "porque o sistema está bloqueado”

O que acontece no cérebro numa resposta inata aos cheiros?
Equipa de investigadores do Centro Champalimaud confirmou a função de uma região do cérebro, o corno lateral, na resposta inata aos cheiros usando o modelo da mosca-da-fruta e explorando a sua conhecida aversão ao cheiro do CO2

O que nos diz a cauda dos ratinhos sobre o desenvolvimento embrionário?
Cientistas conseguiram alterar o tamanho normal da cauda de ratinhos, um resultado que pode ser importante para a compreensão de outros processos como metástases.

Apoio às artes: um modelo em construção
Esta é uma nova etapa de um processo a continuar em concertação com todas as partes.

País e directores defendem mudanças curriculares para combater insucesso no 1.º ciclo
Programas extensos e pouca articulação com as famílias, defendem, podem explicar que em distritos como Beja e Faro 22% das crianças chumbem pelo menos uma vez até ao 4.º ano.

Robots vão obrigar 700 mil trabalhadores a mudar de emprego
Até 2030, o emprego vai deslocar-se da indústria ou do comércio para sectores como a assitência social, os cuidados de saúde ou a construção. Trabalhadores terão de ser reconvertidos e a CIP exige iniciativas públicas que apoiem esta transição.

NOTÍCIAS

Jornal EXPRESSO

(c) 2014 Portal REGIAOCENTRO.ORG

Termos de Serviço

Privacidade