REGIAOCENTRO.ORG
Ilustração sobre a Localidade

Aveiro - História

História

A mais antiga forma que se conhece do topónimo Aveiro, data de 959, altura em que a condessa Mumadona Dias doa em testamento toda a região ao mosteiro de Guimarães. "Suis terras in Alauario et Salinas" é esta a primeira referência conhecida.

É contudo, no século XIII que Aveiro é elevada à categoria de vila, desenvolvendo-se a povoação à volta da igreja principal, consagrada a S. Miguel. Monumento secular acabou por ser destruído em 1835 dando lugar ao que é hoje a Praça da República.

Era já vila a alguns anos quando D. João I, a conselho de seu filho, Infante D. Pedro, que, na altura, era donatário de Aveiro, mandou rodeá-la de muralhas. Uma fortaleza que vem a ser destruída apenas no século XIX, sendo parte das pedras utilizadas na construção dos molhes da barra nova.

Chega o ano de 1434 e o rei D. Duarte concede à vila o privilégio de realizar uma feira franca anual. Lugar de almocreves que conseguiu resistir ao tempo chegando aos nossos dias como a Feira de Março.

Ainda no século XV, mas no ano 1472, a filha de Afonso V, Infanta D. Joana, entra no Convento de Jesus, onde viria a falecer a 12 de Maio de 1490. Efeméride recordada actualmente, no feriado municipal. A estada da filha do rei teve importantes repercussões para Aveiro, chamando a atenção para a vila e favorecendo o seu desenvolvimento.

O primeiro foral conhecido de Aveiro é manuelino e data de 4 de Agosto de 1515, constando do Livro de Leituras Novas de Forais da Estremadura.

Desde muito cedo a vila foi fixando população, sobretudo devido à sua situação geográfica. O desenvolvimento, esse, deve-o às actividades de salinagem, de pescas e de comércio marítimo.

Apesar dos atractivos, no final do século XVI, princípios do XVII vai registar-se um forte movimento de emigração populacional que leva à significativa diminuição do numero de habitantes. A razão desta mudança ficou a dever-se à instabilidade da vital comunicação entre a Ria e o mar que levou ao fecho do canal, impedindo a utilização do porto e criando condições de insalubridade provocadas pela estagnação das águas da laguna. Com menos população, Aveiro protagoniza uma grave crise económica e social. Foi, porém, e curiosamente, nesta fase de recessão que se construiu, em plena dominação filipina, um dos mais notáveis templos aveirenses: a igreja da Misericórdia.

Chega o ano de 1759 e D. José I eleva Aveiro a cidade. Anos mais tarde, em 1774, a pedido de D. José, o papa Clemente MV instituiu uma nova diocese, com sede em Aveiro.

Já no século XX, a cidade vai ocupar a linha da frente das lutas liberais com personalidades como José Estêvão Coelho de Magalhães a destacarem-se pela sua actividade. Este parlamentar desempenhou ainda um papel determinante no que respeita à fixação da actual barra e no desenvolvimento dos transportes, sobretudo, a passagem da linha de caminho de ferro Lisboa-Porto.

 

 

Texto de Joana Simões especialmente para o regiaocentro.net
*Fotos participantes do 1o. Concurso Fotográfico RC. Reproduzidas em concordância com o regulamento do Concurso.


COMENTÁRIOS DOS LEITORES


Find more about Weather in Coimbra, PO
Click for weather forecast


NEWSLETTER

Subscrever a newsletter:



Sair da newsletter:

ARRENDA-SE.NET

Quartos, apartamentos, casas, etc

RECADINHOS

Últimos recadinhos dos leitores:

Congratulations for the site. It is very nice to get more informations about Portugal. A beautiful country.
Matheus Smith 2016-07-30 23:39:20


RELÓGIO

Veja que horas são no mundo

NOTÍCIAS

Jornal O PÚBLICO

Presidente do CDS-PP saúda Rui Rio pela reeleição sem “pedinchar nenhuma coligação”
Líder do CDS vê “algumas vantagens” numa coligação com o PSD. Rodrigues dos Santos considera que uma eventual coligação “tem um efeito psicológico nos eleitores de centro-direita” e pode “esvaziar a ascensão dos partidos emergentes”.

Ensaio clínico na Universidade de Coimbra para treinar cérebro de crianças em casa
Novo conceito está apoiado em métodos de estimulação cerebral, uma técnica não invasiva que envolve correntes directas de baixa amplitude e em determinadas regiões do cérebro

Candidaturas abertas para Prémio Fluviário de Mora - Jovem Cientista do Ano
O galardão visa distinguir um aluno de licenciatura, mestrado ou doutoramento que tenha publicado, como primeiro autor e no ano do concurso, um artigo sobre a temática da conservação e biodiversidade de recursos aquáticos continentais.

Ómicron: ignorância ou hipocrisia?
O aparecimento de variantes que causem preocupação depende do número de replicações que o vírus se permite fazer. O número de replicações depende do número de pessoas infectadas. E o número de pessoas infectadas depende do número de pessoas vacinadas (inversamente, claro).

A pandemia silenciosa
Mesmo considerando a covid-19 como apenas uma das causas e que precisamos de mais dados para tirar conclusões, parece-me oportuno reforçar a importância da saúde mental nos jovens. É que, infelizmente, mantém-se o estigma das doenças mentais.

Novo Banco executa Luís Filipe Vieira em 7,6 milhões
A acção tem quatro executados: o ex-presidente do Benfica, a mulher do ex-dirigente, um parceiro de negócios e a empresa Promovalor II.

NOTÍCIAS

Jornal EXPRESSO

(c) 2014 Portal REGIAOCENTRO.ORG

Termos de Serviço

Privacidade