REGIAOCENTRO.ORG
Ilustração sobre a Localidade

Desordem no Tribunal

Estas são frases retiradas do livro «Desordem no Tribunal». São coisas que realmente foram transcritas pelos em pleno tribunal.

P: Qual é a data do seu aniversário?
R: 15 de Julho.
P: Que ano?
R: Todos os anos.

P: Essa doença, a "miastenia gravis", afecta sua memória?
R: Sim.
P: E de que modo ela afecta a sua memória?
R: Eu esqueço das coisas.
P: Você esquece... Pode dar-nos um exemplo de algo que você tenha esquecido?

P: Que idade tem o seu filho?
R: 38 ou 35, não me lembro.
P: Há quanto tempo é que ele mora consigo?
R: Há 45 anos.

P: Qual foi a primeira coisa que o seu marido disse quando acordou naquela manhã?
R: Ele disse, "Oh! onde estou, Berta?"
P: E porque é que você ficou chateada?
R: Porque eu chamo-me Susana...

P: O seu filho mais novo,... o de 20 anos...
R: Sim?
P: Que idade é que ele tem?

P: Sobre esta fotografia seu... o senhor estava presente quando ela foi tirada?

P: Então, a data de concepção do seu bebé foi 8 de Agosto?
R: Sim, foi.
P: E o que é que você fez nesse dia?

P: Ela tinha 3 filhos, certo?
R: Certo.
P: Quantos eram meninos?
R: Nenhum.
P: E quantas eram meninas?

P: Sr. Wilson, porque é que o seu primeiro casamento acabou?
R: Por morte do cônjuge.
P: E por morte de qual cônjuge ele acabou?

P: Poderia descrever o suspeito?
R: Ele tinha estatura mediana e usava barba!
P: E era um homem ou uma mulher?

P: Doutor, quantas autópsias o senhor já realizou em pessoas mortas?
R: Todas as autópsias que fiz foram em pessoas mortas...

P: Aqui no tribunal, para cada pergunta que eu lhe fizer, a sua resposta deve ser oral, ok? - Que escola você frequenta?
R: Oral.

P: Doutor, o senhor lembra-se a que horas é que começou a examinar o corpo da vítima?
R: Sim, a autópsia começou às 20:30!
P: E o Sr. Dennis já estava morto a essa hora?
R: Não... Ele estava sentado na maca, a perguntar porque é que eu lhe estava a fazer uma autópsia.

P: Doutor, antes de fazer a autópsia, o senhor verificou o pulso da vítima?
R: Não.
P: O senhor viu a pressão arterial?
R: Não.
P: O senhor viu a respiração?
R: Não.
P: Então, é possível que a vítima estivesse viva quando a autópsia começou?
R: Não.
P: Como é que o senhor pode ter essa certeza?
R: Porque o cérebro do paciente estava num jarro sobre a mesa.
P: Mas ele poderia estar vivo, mesmo assim?
R: Sim, é possível que ele estivesse vivo e estivesse a exercer Direito em algum lugar!

 



loading...



COMENTÁRIOS DOS LEITORES


Find more about Weather in Coimbra, PO
Click for weather forecast


NEWSLETTER

Subscrever a newsletter:



Sair da newsletter:

ARRENDA-SE.NET

Quartos, apartamentos, casas, etc

RECADINHOS

Últimos recadinhos dos leitores:

Congratulations for the site. It is very nice to get more informations about Portugal. A beautiful country.
Matheus Smith 2016-07-30 23:39:20


RELÓGIO

Veja que horas são no mundo

NOTÍCIAS

Jornal O PÚBLICO

Clássicos, raros, valiosos. Colecção portuguesa de carros vai a leilão e vale 11 milhões de euros

Teresa planta árvores e consciências. Pelo neto e por todas as crianças
Desde 2010, Teresa Markowsky já terá plantado de forma voluntária cerca de dez mil árvores. Em Novembro vai ser avó e é pelo neto – e pelas outras crianças que hão-de vir ao mundo – que pretende “continuar a plantar bosques enquanto puder.”

Walmart vai deixar de vender cigarros electrónicos
As autoridades americanas estão a investigar uma misteriosa doença pulmonar ligada aos cigarros electrónicos, que afectou pelo menos 530 pessoas e causou várias mortes.

Doha está a preparar-se para o resto da sua vida
Arquitectura “de autor”, hotéis e resorts de luxo, museus, praias e deserto: o que Doha andou para aqui chegar. Mas, não saciada, a capital do Qatar continua a transformar-se enquanto se prepara para receber o Mundial de Futebol.

UEFA abre processo disciplinar contra FC Porto por alegados cânticos racistas
Incidente terá ocorrido no momento em que jogador da equipa suíça se preparava para bater grande penalidade.

Protecção Civil deixa aviso à população de Portimão com aproximação do Outono
Autoridade deixa conselhos para diminuir eventuais impactos do aumento de precipitação na região.

NOTÍCIAS

Jornal EXPRESSO

(c) 2014 Portal REGIAOCENTRO.ORG

Termos de Serviço

Privacidade