REGIAOCENTRO.ORG
Ilustração sobre a Localidade

Construção de instrumentos Náuticos em Vila Franca da Serra

O programa “Ciência Viva no Verão”, organizado pela Agência Nacional para a Cultura Científica e e Tecnológica, desenvolve diversas actividades como passeios científicos, observações astronómicas, visitas a obras de engenharia, castelos e faróis, em todo o país, na companhia de especialistas de instituições científicas, centros ciência viva, associações, autarquias e empresas.

A participação nas ações é gratuita e a inscrição é online ou através da Linha Ciência Viva no Verão 21 898 50 50.

A formação "Construção de instrumentos Náuticos" terá como ponto de encontro o Largo da República, Vila Franca da Serra, com duração de 4 horas. A organização da ação é da responsabilidade de Elisa Maria Vaz Gomes Figueira, Elisa Figueira, Telma Pais de Faria, Ana Mendes e Maria Helena Vaz.

Ação assinalada como acessível a pessoas portadoras de deficiência.

 

FONTE DA FOTO: Wikipedia, Andrew Dunn

 

Sobre o Astrolábio:

 

astrolábio é um instrumento naval antigo, usado para medir a altura dos astrosacima do horizonte.

Convenciona-se dizer que o surgimento do astrolábio é o resultado prático de várias teorias matemáticas,1 desenvolvidas por célebres estudiosos antigos: Euclides,PtolomeuHiparco de Nicéia e Hipátia de Alexandria.

Era usado para determinar a posição dos astros no céu e foi por muito tempo utilizado como instrumento para a navegação marítima com base na determinação da posição das estrelas no céu. Mais tarde foi simplificado e substituído pelo sextante (instrumento astronômico usado para determinar a latitude).

Também era utilizado para resolver problemas geométricos, como calcular a altura de um edifício ou a profundidade de um poço. Era formado por um disco de latãograduado na sua borda, num anel de suspensão e numa mediclina (espécie de ponteiro). O astrolábio náutico era uma versão simplificada do tradicional e tinha a possibilidade apenas de medir a altura dos astros para ajudar na localização em alto mar.

Não existem vantagens nem desvantagens entre os instrumentos antigos de navegação; de certa forma são instrumentos perfeitos que atendem suas funções para onde foram projetados, nesse sentido a função do astrolábio é uma e o quadrante é outra. A única diferença (interpretada como vantagem) é o fato de ser um instrumento terrestre, portanto fixo ao solo, para se usar numa ilha ou num continente e mirar uma determinada estrela próxima ao pólo Estrela Polar e o outro um instrumento de bordo, portátil, mais pesado e proprio para medir a passagem meridiana com a sombra do sol. Sob a precisão, ambos funcionavam bem tanto no hemisfério sul como no hemisfério norte mas principalmente o astrolábio pelo seu peso era capaz de permanecer na vertical apesar do balanço do navio portanto, indicado para funcionar embarcado.

O desenvolvimento do astrolábio se dá com o passar dos séculos. Os indivíduos mais influentes da teoria na qual o instrumento se baseia foram Hiparco de Niceia, que definiu a teoria das projeções e a aplicou a problemas astronômicos, e Cláudio Ptolomeu que, em seu trabalho Planisferium escreve passagens que sugerem que ele possuía um invento semelhante ao astrolábio.2 Teão de Alexandria em cerca de 390 DC escreveu um tratado dedicado ao Astrolábio, o qual foi a base de muitos escritos sobre o assunto na idade média. Sua filha, (Hipátia de Alexandria), chegou a criar um astrolábio.3 Um de seus discipulos, Synesius de Cirene, também possuía um invento de características semelhantes. O astrolábio moderno de metal foi inventado por Abraão Zacuto em Lisboa, a partir de versões árabes pouco precisas.

O disco inicial foi parcialmente aberto para diminuir a resistência ao vento. O manejo do astrolábio exigia a participação de duas pessoas; consistia em grande círculo, por cujo interior corria uma régua; um homem suspendia o astrolábio na altura dosolhos, alinhando a régua com o sol enquanto outro lia os graus marcados no círculo.

FONTE: Wikipedia


COMENTÁRIOS DOS LEITORES


Find more about Weather in Coimbra, PO
Click for weather forecast


NEWSLETTER

Subscrever a newsletter:



Sair da newsletter:

ARRENDA-SE.NET

Quartos, apartamentos, casas, etc

RECADINHOS

Últimos recadinhos dos leitores:

Congratulations for the site. It is very nice to get more informations about Portugal. A beautiful country.
Matheus Smith 2016-07-30 23:39:20


RELÓGIO

Veja que horas são no mundo

NOTÍCIAS

Jornal O PÚBLICO

Não há rendas acessíveis sem regulação das rendas
É possível ultrapassar a crise de habitação. Para isso é preciso coragem política para discutir o que realmente fará a diferença: regular preços para ter rendas acessíveis.

Açores: quando o independente agrada a gregos e a troianos
Rui Rio e António Costa estão esta quinta-feira nos Açores em campanha. Os líderes procuram votos num território com particularidades. O independente que se recandidata na Calheta teve o apoio do PS em 2017 e agora do PSD.

Boris Johnson confirma que tem seis filhos e esta é uma grande história na Grã-Bretanha
Não é a primeira vez que o primeiro-ministro é questionado sobre sua vida pessoal. Em 2004, negou aos tablóides que teve um caso. No entanto, era verdade e perdeu um posto de liderança no partido por essa razão.

Próxima cimeira do clima da ONU tem de ser “ponto de viragem para a humanidade”, diz Johnson
A COP 26, marcada para daqui a 40 dias em Glasgow é a oportunidade para o mundo mostrar finalmente “maturidade” e “sabedoria”, afirmou o primeiro-ministro britânico no seu discurso na Assembleia Geral das Nações Unidas.

Rendas sobem 0,43% em 2022
Coeficiente de actualização para os contratos de arrendamento rurais e urbanos já foi fixado. Uma renda de 500 euros sofre um aumento de 2,15 euros.

Recuperação e Resiliência – Ventos de reforma para o Sistema de Saúde Português?
O Sistema de Saúde português carece de reforma e este deveria bem ser o kairós e o chronos para a levar por diante, inspirados nas lições da pandemia, na onda de recuperação resiliente para o País e ajudados pelos fundos a ela mesma atribuídos.

NOTÍCIAS

Jornal EXPRESSO

(c) 2014 Portal REGIAOCENTRO.ORG

Termos de Serviço

Privacidade