REGIAOCENTRO.ORG
Ilustração sobre a Localidade

Pinheiro da Bemposta

Freguesia do concelho de Oliveira de Azeméis

Quando se chega a Pinheiro da Bemposta, entra-se num espaço remoto, de tempos de reis e de fidalguia de ocupações mouriscas, onde parece ter ficado indiferente às mudanças históricas e temporais. É por isso um lugar mágico, onde apetece ficar e conhecer a sua história.

Pinheiro da Bemposta é uma freguesia do concelho de Oliveira de Azeméis. O nome de Pinheiro da Bemposta, resulta da existência de um grande pinheiro à sombra do qual os viajantes se abrigavam e ao facto da sua localização ser de grande beleza à cota alta, de onde se avista em larga panorâmica a Ria de Aveiro, desde Ovar até à Serra da Boa Viagem ou ainda até ao mar.

De importância antiga, surge referida em 1109 nas cartas eclesiásticas e aí foi assinado um tratado de reconciliação das fronteiras entre dioceses do Porto e Coimbra.

Existem menções históricas à existência de um mosteiro de Santa Marinha do Antuã, do qual não restam vestígios, bem como à existência de uma importante ocupação Sarracena, da qual não se conhecem actualmente mais que as lendas e histórias orais, mas que no entanto deixou a sua marca no arranjo e arquitectura do local.

Aqui passava a também a estrada de Talábriga (Aveiro) a Lancóbriga (Feira), uma via militar Romana.

Sabe-se que obteve foral por D Manuel em 1514. Foi município desde essa altura e abarcava as terras de Pinheiro da Bemposta, Palmaz, Loureiro, Travanca, Macinhata da Seixa e Ul (do Município de Oliveira de Azeméis), Branca e Ribeira de Fráguas (Albergaria-a-Velha), Fermelã, Canelas, Salreu e Santiais (Estarreja) e Assequins (Águeda). O foral terá sido extinto em 1855.

Um dos pontos de maior interesse do património construído está no Cruzeiro do Pinheiro da Bemposta, Monumento Nacional, datado de 1604, com restauros posteriores. 

Município sujeito a forte movimento de emigração, sobretudo para o Brasil, mais tarde também para os Estados Unidos, Venezuela e Canadá, vê nas construções o espelho do regresso desses emigrantes endinheirados: A Casa de Brasileiro; à esquerda a Casa do Cruzeiro, do século XVIII e da EN1, seguindo na direcção do Porto, encontra-se a setecentista Casa dos Arcos.

Merecem também uma referência a Fonte da Bemposta, o cruzeiro paroquial, a Igreja Matriz; a Capela de Nossa Senhora da Ribeira, a Casa do Curval e de Figueiredo; as Quintas do Barral, do Calvário, do Passal e de Vera-Cruz.

A igreja matriz é uma construção de finais do século XVII e princípios do século XVIII. É um dos mais imponentes edifícios da região. A Capela de Nossa Senhora da Ribeira foi construída em 1611. 

Era também em Pinheiro da Bemposta o edifício da Malaposta do Curval, uma das 32 estações de paragem das diligências que se dirigiam do Porto a Lisboa. Aqui trocavam-se as mulas, e os viajantes paravam nas suas instalações para alimentação e descanso.

Merece esta terra uma visita pois dado ter perdido a importância para as cidades vizinhas, a riqueza do seu património edificado e da sua história, a par com a beleza da paisagem envolvente vão certamente surpreender que lá se desloca.


COMENTÁRIOS DOS LEITORES


Find more about Weather in Coimbra, PO
Click for weather forecast


NEWSLETTER

Subscrever a newsletter:



Sair da newsletter:

ARRENDA-SE.NET

Quartos, apartamentos, casas, etc

RECADINHOS

Últimos recadinhos dos leitores:

Congratulations for the site. It is very nice to get more informations about Portugal. A beautiful country.
Matheus Smith 2016-07-30 23:39:20


RELÓGIO

Veja que horas são no mundo

NOTÍCIAS

Jornal O PÚBLICO

O que fica depois do fim de A Guerra dos Tronos — o adeus dos actores e o aumento das audiências
Há mais uma bebida indesejada no episódio, mas a internet ocupa-se da despedida do elenco e das suas opiniões sobre o último acto da série.

Professores têm até 30 de Junho para decidir como querem recuperar tempo congelado
Docentes podem optar por receber um terço dos dois anos, nove meses e 18 dias já em Junho, em vez de esperarem pela próxima progressão. Regra está prevista no diploma publicado hoje que estende a recuperação do tempo a outras carreiras.

Angola quer legalizar taxistas, empregadas domésticas e vendedores de rua
Legalização dos grupos de trabalhadores que geram rendimentos no mercado informal é uma prioridade para o actual executivo. 58,3 milhões de euros vão servir para criar emprego e formalizar a economia informal.

Madonna agenda concertos em Lisboa para Janeiro de 2020
Concertos em Portugal da Madame X Tour, em salas de menor dimensão, serão no Coliseu.

Ecrãs à noite aumentam em meia hora tempo para adormecer
Os jovens que passam mais de quatro horas em frente a ecrãs adormecem, em média, 30 minutos mais tarde do que os jovens que permanecem menos uma hora expostos à luz dos aparelhos.

Há 635 mil euros por explicar em contas bancárias de Moita Flores
Dinheiro encontrada nas contas do ex-presidente da câmara de Santarém não coincide com o volume de negócios declarado. Mulher de Moita Flores justificou montante com empréstimos concedidos por familiares.

NOTÍCIAS

Jornal EXPRESSO

(c) 2014 Portal REGIAOCENTRO.ORG

Termos de Serviço

Privacidade