REGIAOCENTRO.ORG
Sem FOTO:422

Os claustros da Sé de Coimbra

Sé Velha

As obras de construção do claustro da sé velha de Coimbra têm início em 1219 no reinado de D. Afonso II, no lado sul do templo.

A sua arquitectura obedece ao estilo de transição do românico para o gótico, predominando o último.

O claustro da Sé Velha caracteriza-se por ter dado o primeiro impulso das manifestações da arquitectura gótica em Portugal. Utiliza-se aqui um estilo arquitectónico novo com reminiscências românicas visíveis, a par com a influência directa da primeira fase do gótico francês, na harmonia da proporção e na decoração de alguns capitéis, na solidez dos arcos e no tipo de cobertura.​

ARCO DE ALMEDINA

MONUMENTOS

Fazia parte da antiga muralha da cidade.
Porta da Barbacã onde se destaca escultura da oficina de João de Ruão. 
A cidade de Coimbra possuía uma cerca de muralhas, que remonta ao séc. XI, guarnecida de diversas torres de vigia sobre Os acessos A colina.
A Porta de Almedina era uma das principais entradas da cidade, franqueando o acesso ao Bairro Alto da povoação. A cintura defensiva possuía, no entanto, outras entradas: a Porta de Santa Sofia, a da Portagem, a de Belcouce, a da Genicoca, ou Arco da Traição, a Porta do Castelo, ou do Sol, e a Porta Nova.

Coimbra > Coimbra




Find more about Weather in Coimbra, PO
Click for weather forecast


NEWSLETTER

Subscrever a newsletter:



Sair da newsletter:

ARRENDA-SE.NET

Quartos, apartamentos, casas, etc

RECADINHOS

Últimos recadinhos dos leitores:

Congratulations for the site. It is very nice to get more informations about Portugal. A beautiful country.
Matheus Smith 2016-07-30 23:39:20


RELÓGIO

Veja que horas são no mundo

NOTÍCIAS

Jornal O PÚBLICO

Farmacêuticos avisam que está posta em causa segurança dos doentes nos hospitais
A falta de pessoal fez com que os serviços farmacêuticos no hospital de São João, no Porto, tivessem de encerrar durante a noite. Segundo Ana Paula Martins, há farmacêuticos que já não conseguem sequer substituições por licenças de parto ou por doença.

Pois então dancemos!
Canções mais incisivas, letras sintéticas e ideias esparsas, a frequência rítmica (quase) sempre nas 128 BPM — o planeta onde Chaz aterrou é orgulhosamente hedonista. Dancemos, então!

Toro y Moi: the dancing king
Em 2017, quando era editado Boo Boo, dizíamos que Toro y Moi, o “homem no espaço”, prosseguia a sua viagem — Outer Peace é mais uma momentânea paragem desse inesgotável percurso, um dos mais fascinantes da música popular do século XXI. Vamos poder testemunhá-lo (e dançá-lo!) em Maio no Porto e Lisboa.

Enquanto Chaz preparava o seu regresso...
Pelo meio da conversa com Chaz, três nomes centrais no seu universo artístico e afectivo foram surgindo. Uns transmitiram-lhe atitude, com outros cresceu e testemunhou as suas curvas e contra-curvas, outros ainda foi ele a vê-los crescer em maturidade e talento. A palavra a Chaz.

Promessas há muitas, mas a Casa da Pesca continua ao abandono
Depois de tentativas de assinaturas de protocolos falhadas em 2007 e 2016, este poderá ser o ano em que a Casa da Pesca ganha uma nova vida. Ministério da Agricultura e câmara de Oeiras garantem que elaboração do documento que efectiva a cedência do espaço se encontra "em fase final de execução". Município quer reabilitar o espaço.

Porto mudou as linhas de autocarros e instalou a discórdia
Milhares de passageiros vão perder autocarro directo para o centro do Porto. Decisão de Moreira causou divisões até dentro da Área Metropolitana do Porto. Representante das empresas de transportes queixa-se de violação das concessões

NOTÍCIAS

Jornal EXPRESSO

(c) 2014 Portal REGIAOCENTRO.ORG

Termos de Serviço

Privacidade